sábado, 31 de dezembro de 2011

Primeira Marcha Azul Marinho Paulista - Dia 10/02/2012 às 08:00hs - Av. Paulista

domingo, 25 de dezembro de 2011

Polícia Civil de Ribeirão Pires identifica e prende ´Lelé Paraibinha’

Homem acusado de matar o GCM João Tienda, no
último sábado, havia sido preso, por suspeita de estar foragido

Leandro Moreira de Carvalho, 21 anos, foi preso pela Polícia Civil de Ribeirão Pires no final da tarde da última segunda-feira. Conhecido como “Lelé Paraibinha”, Leandro é acusado de assassinar o guarda civil municipal aposentado, João Tienda, de 53 anos, na madrugada do último sábado.
 
Segundo o Delegado Titular de Ribeirão Pires, Marcos Pimenta, a prisão de Lelé começou após informação passada por uma testemunha.
 
“Nós então buscamos em nossos arquivos, e baseados nisso encontramos o endereço dele”, diz o delegado.
Uma equipe da Polícia Civil foi enviada até a residência de Lelé na tarde de segunda-feira, onde ele foi encontrado. Após levado até a Delegacia de Polícia da Estância, o acusado foi então reconhecido pela testemunha.
 
“A testemunha não teve dúvidas. Quando viu o Leandro, prontamente o apontou como o atirador”, lembra Pimenta.
 
Com a afirmação da testemunha, foi pedida e decretada a prisão temporária de Leandro Moreira, por 30 dias.
 
“Esse período vai servir para que nós aprofundemos as investigações do caso, checando outros fatos e possíveis denúncias”, explica o delegado.
 
Em depoimento oficial, Lelé Paraibinha nega a acusação de envolvimento com a morte de João Tienda. Ele já foi transferido para Cadeia Pública de Santo André, onde aguarda a passagem dos 30 dias e a decisão da Justiça.O caso
No último sábado, o guarda civil municipal aposentado João Tienda foi morto a tiros na avenida Princesa Izabel. Uma testemunha acusa dois homens pelo crime. Lelé Paraibinha seria o atirador, enquanto Marcelo Condes Aires, vendedor de 23 anos, estaria com ele no momento do crime. Marcelo também está preso.

Uma câmera em cada ponto da cidade

gmj
VERA GONCALVEZ

São 66 câmeras espalhadas pela cidade que conseguem visualizar a ação de marginais, acidentes e ajudar no estudo para melhoria do trânsito jundiaiense. 

A Central de Monitoramento por Câmeras da Guarda Municipal, conhecida como "Olho Vivo" conseguiu reduzir em 20% a criminalidade na cidade. Na época de maior movimento do comércio, como agora no Natal, quando já teve uma redução de 30% nas ocorrências, em comparação ao mesmo período de 2010. 

A ideia de implantar o monitoramento por câmeras foi do resultado obtido em outras cidades e, em 2006, no aniversário da cidade, foi inaugurada a central, que deve aumentar sua capacidade em breve. As câmeras trabalham juntamente com o setor de inteligência e registram as ocorrências, principalmente de pichadores e acidentes, pois são colocadas em pontosestratégicos dos bairros. 

A mudança das câmeras ocorre sempre conforme as necessidades da GM. De acordo com o inspetor da GM Claudio Farigato, a intenção é trazer uma tecnologia inovadora para Jundiaí que possa atender a todos os setores que cuidam da segurança na cidade. "É o top de tecnologia que será utilizado por todos", revela Farigato. O alcance das imagens das câmeras é de 2.500 até 3.500 metros. 

De acordo com o auxiliar do responsável técnico do Olho Vivo, Antonio Sérgio Perboni, são 31 câmeras que fazem o monitoramento 360 graus, 10 fixas, 20 na prefeitura e cinco no Fórum. São registradas de seis a sete ocorrências por dia. 

A central conta com cinco monitores, que são divididos por região ou área de delegacia. As imagens são transmitidas via rádio ou fibra óptica. Alguns bairros ainda não têm monitoramento, como é o caso da Vila Rami e Retiro e da Vila Hortolândia, que tem apenas uma câmera. Para Perbone, as imagens que mais marcam na central de monitoramento são a de acidentes. "De todas as ocorrências, os acidentes com vítimas são o que mais chocam". As imagens mais fortes aconteceram no cruzamento da Rua Vigário J. J. Rodrigues com a Rua José do Patrocínio. 

Guarda Civil Municipal de Guarulhos recebe pistolas semiautomáticas


GCM recebe mais 60 pistolas semiautomáticasA Secretaria para Assuntos de Segurança Pública (SASP) de Guarulhos realizou nesta segunda-feira, dia 19, a entrega oficial de novas pistolas semiautomáticas, Calibre 380, para a Guarda Civil Municipal, que terá ampliado este tipo de armamento. “Trata-se de uma arma de primeira linha e moderna utilizada por apenas algumas guardas do país”, informou o gestor da GCM, Marcelo Pavão Charaba.
Um lote de 70 armas foi adquirido neste ano, totalizando 200 já compradas pela corporação. “Novos lotes deverão ser adquiridos, até

O secretário João Dárcio almeja equipar toda a guarda com essa arma atingirmos 100% da Guarda, que foi pioneira no uso deste armamento”, anunciou o secretário João Dárcio Ribamar Sacchi. A ação faz parte da política da administração municipal de modernizar e equipar a Guarda Civil, que recebeu nos últimos anos investimentos em sua estrutura e aumento de efetivo, além da reestruturação das bases e criação de inspetorias. “Queremos que o equipamento aumente a segurança dos guardas em suas atividades de proteção aos guarulhenses”, afirmou.
Para a cerimônia de entrega das pistolas na SASP compareceram ainda o comandante da GCM, Luiz Carlos Barreto; o subcomandante, Francisco Borotta, os gerentes Jairo Furini Júnior e Carlos Batista Dias. Do lote adquirido, 54 pistolas já foram entregues. Futura aquisição será feita em 2012, como parte do programa de armamento da Guarda. A pistola semiautomática Taurus calibre 380 é superior em sua capacidade de tiro e precisão com relação aos antigos revólveres 38 usados inicialmente pela corporação.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

GUARDAS MUNICIPAIS - Desenvolvimento e Ensino] Unidade Integrada ProPaz deixa Guarda de fora

UIPP deixa Guarda Municipal de fora - Veja a nossa resposta ao convite feito pela FECONSEG



A Unidade Integrada ProPaz - UIPP - é um projeto na
área de Segurança Pública desenvolvido pela Secretaria
de Segurança Pública do Pará, que em um de seus objetivos,
visa dar mais qualidade ao atendimento a população
nesta área tão importante. Estas unidades são uma versão
aprimorada das UPP (Unidades de Policia Pacificadora)
do Rio de Janeiro. A diferença principal é que aqui as
forças de Segurança trabalharão juntas, enquanto que no
Rio, somente a Policia Militar atua na UPP. O ponto
negativo é a ausência da Guarda Municipal de Belém,
que tem prestado inúmeros e relevantes serviços a sociedade
belenense, no que tange a Segurança dos cidadãos,
seja na proteção ao patrimônio público, no trânsito, nas
escolas, na Ronda da Capital, na manutenção da
ordem pública, etc. É importante ressaltar que as
Guardas Municipais já se encontram implantadas em
mais de 800 municipios brasileiros, dando uma significativa
contribuição para a melhoria da qualidade de vida
em nossas cidades. É bom lembrar para os que afirmam
que as Guardas Civis não fazem parte da Segurança
Pública, que o Paragrafo 8º que versa sobre sua
criação, se encontra no artigo 144 do capitulo da
Segurança Pública e não no da Saúde. Desejamos
todo o sucesso a este projeto, mas lamentamos a
ausência das Guardas neste relevante processo.

Segue abaixo cópia do email em resposta ao convite
para a inauguração da UIPP

Instituto UNIGUARDAS Segurança Pública Municipal




Ficamos muito honrados pelo convite, entretanto a
Guarda Municipal ficou de fora deste tão brilhante
projeto. Fato este que só reforça a idéia de que o
discurso e a prática não estão de mãos dadas.
Gostariamos que a FECONSEG nos concedesse a
oportunidade de demonstrar a importância das
Guardas Municipais para a Segurança Pública em
todo o estado, coisa que o governo estadual
ainda não percebeu.

Att.

Ronald Portal - Presidente do Instituto UniGuardas

Rio Claro investe R$150 mil em novo sistema para a Guarda Municipal


A Guarda Civil de Rio Claro passará a operar a partir do inicio do próximo ano com o novo sistema de comunicação digital, visando prevenir a criminalidade.

Na segunda-feira (12), às 14 horas, o prefeito Du Altimari e o secretário de Segurança, José Gustavo Viégas Carneiro, farão oficialmente a entrega dos equipamentos para transmissão de dados e telecomunicação digitais na sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, localizada na rua 12 nº 26 – avenida 23, Bairro do Estádio.

Em todo o processo que envolve a aquisição dos equipamentos, instalação e autorizações, a prefeitura investiu mais de R$150 mil. O projeto faz parte dos investimentos que a administração municipal vem fazendo de forma continuada na área de segurança pública. Segundo o secretário Viegas Carneiro, a Guarda Civil de Rio Claro será a primeira da região central a operar com tecnologia digital e, a partir de agora, todos os equipamentos de comunicação, sejam eles móveis, fixos, portáteis e repetidoras, vão possuir licença para uso da freqüência digital.

A tecnologia digital impede a interceptação de dados policiais e mensagens trocadas pelos setores de segurança. Toda conversa via rádio digital é criptografada, ou seja, não pode ser interceptada. Além da voz, a via digital permite o fluxo de imagens e dados. A composição do sistema de radiocomunicação é feita por módulos, subsistemas e milhares de equipamentos sem os quais não seria possível a transmissão de informações entre os guardas.

Investimentos

O Secretário de Segurança e Defesa Civil reitera que a pasta foi reestruturada e está sendo reaparelhada. Os recursos disponibilizados estão sendo destinados para melhorais nas sedes, renovação da frota, treinamento dos guardas, aquisição de equipamentos, munição e uniformes. Recentemente, o município conseguiu a autorização da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para utilizar freqüência digital nos equipamentos de comunicação da Guarda Civil, Defesa Civil e da Vigilância Patrimonial.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Segurança Pública e Defesa Civil integram diálogo sobre prevenção com a comunidade em Mauá


Palestra sobre desarmamento e proteção na época das chuvas começou nas escolas do Zaíra
“Eu não gosto de armas e estou sempre de olho no meu filho porque ele gosta de videogame e a gente sabe que existem muitos jogos violentos”, afirmou o morador do Jardim Zaíra, Reginaldo Mota, pai de Evandro de cinco anos. Eles estavam na escola Municipal Nathércia F. Perrela, durante a reunião de pais e professores com os integrantes da Equipe de Educação para a Cultura de Paz, da Secretaria de Segurança Pública.
A atividade foi desenvolvida pelos guardas civis municipais Nicodemos, Gil e Cícero, acompanhados do comandante da Guarda e coordenador da Defesa Civil de Mauá, Sergio Moraes, pela agente de Defesa Civil, Letícia Bertolucci, e pelo secretário de Segurança Pública, Carlos Wilson Tomaz. A proposta dos encontros que serão realizados em 11 escolas em locais próximos a áreas de riscos de deslizamentos e enchentes, entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro, é a de difundir conceitos de prevenção e preservação da vida e Cultura de Paz.
Para facilitar o entendimento, os guardas utilizam a apresentação de vídeo com depoimentos de pessoas que perderam familiares mortos por armas de fogo e conversam com os participantes em uma linguagem bastante acessível sobre Desarmamento Infantil, Campanha Nacional de Desarmamento e prevenção na época de chuvas intensas para os moradores em áreas vulneráveis. Acompanhada do primo Willian Ribeiro da Silva, de seis anos, estava Wanézia Souza Silva, de 18, assistindo a tudo com muita atenção. “Sou completamente contra o uso de armas de brinquedo pelas crianças assim como os games violentos. Procuro mostrar para ele que existem outras formas de brincar, bem mais saudáveis”, defendeu Wanézia.
“Sobre essas questões das áreas de risco, achei muito importante o que a agente disse, porque eu saí de um lugar desses e, antes, a gente não tinha esse tipo de informação”, considerou Reginaldo. Extremamente atento ao que os guardas e a agente diziam, Mota lembrou que a casa onde morava no Morro do Macuco foi demolida há dois meses porque sua estrutura estava comprometida e agora ele recebe auxílio aluguel da Prefeitura e mora com sua família em local seguro.
Segundo Tomaz, a intenção da Prefeitura é preservar vidas, portanto, os locais próximos às áreas de risco foram priorizados para receber esta atividade antes do período de chuvas intensas de verão. “Nossa equipe iniciou um trabalho fundamental de educação e informação que irá colaborar na prevenção, para que cada morador saiba identificar possíveis riscos e acionar a Defesa Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, SAMU ou outros nos momentos antes de eventuais tragédias. Informamos também sobre as formas de entrega de armas de fogo, que pode ser feita pelo telefone 153”, explicou o secretário.
O trabalho da Secretaria considera que o público feminino tem um peso bastante significativo para convencer os familiares que portam ou guardam armas de fogo em casa, podendo receber a indenização de varia entre R$ 100 e R$ 300, retirados em até 48 horas, diretamente no Banco do Brasil, após a entrega do armamento.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

NAVAL DESAFIA REDE GLOBO E RODRIGO PIMENTEL PARA FALAR DE GUARDA MUNICIPAL

Basta! É inadmissível uma emissora como a rede Globo de televisão permitir uma entrevista como esta, Este Sr, Rodrigo é muito ruim e fica pior ainda quando fala besteiras em concordância com outras pessoas. Ainda bem que quem vai decidir se as Guardas Municipais vão ser a polícia Municipal é o povo. Eles tecem comentários como se atualmente no Brasil a criminalidade e a violência não aumentasse a cada minuto, tudo por incompetência do atual sistema de segurança pública, uma policia militar, arcaica, resquícios de uma ditadura maldita!

Se as Guardas Municipais fossem tão ruins, não ficariam em terceiro lugar na avaliação de Pesquisa CNI - Ibope, como melhores instituições de segurança pública, ficando atras sómente das Forças Armadas e da Policia Federal.
Mas em vez de ficar aqui lamentando, lanço um desafio a Rede Globo de televisão, que chame estes Especialistas para em um programa ao vivo, realizarmos um debate sobre Segurança Pública e a atuação das Guardas MUnicipais, a primeira questão que faria; Como se mede uma ocorrência sem antes ela ter ocorrido, falar como foi citado pelo Sr. Rodrigo é a prova que é um corporativista em potencial, defendendo um sistema falido e que não aceita renovação, por isso, LANÇO AQUI ESTE DESAFIO.
NAVAL

GCM DE STO.ANDRÉ FAZ APITAÇO E INICIA SÉRIE DE PROTESTOS/JORNAL ABCD MAIOR

Por: Gislayne Jacinto  (gislayne@abcdmaior.com.br)


Guardas querem aumento salarial e protestam em Santo André. Foto: Luciano Vicioni
Guardas querem aumento salarial e protestam em Santo André. Foto: Luciano Vicioni

Guardas Civis Municipais reivindicam aumento salarial, mas Prefeitura ignora
Os GCMs (Guardas Civis Municipais) de Santo André realizaram nesta terça-feira (29/12) um apitaço em frente ao Paço Municipal e participaram de passeata no principal centro comercial da cidade.
Portando faixas e cartazes, os guardas reivindicam aumento salarial, mas a proposta tem sido ignorada pela Administração do prefeito Aidan Ravin (PTB), que deverá enfrentar uma série de manifestações. Panfletos serão distribuídos por toda a cidade para explicar a situação.

A GCM de Santo André tem 600 profissionais. O salário base da categoria é de R$ 1,2 mil, mesmo tendo ensino médio completo. Os guardas civis recebem como servidores que têm apenas o ensino fundamental incompleto. A categoria quer equiparação salarial com os agentes de trânsito, que ganham R$ 1,9 mil.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Vendedor é preso por tráfico de drogas pela Guarda Civil Municipal de Santa Bárbara d'Oeste

A equipe de apoio da Guarda Civil composta pelos patrulheiros Subinspetor José, Bandeira, Denis e Lacerda no começo da noite de sexta-feira, após tomar conhecimento sobre uma residência que estaria comercializando drogas na rua Francisco Alves , Parque Zabani, sendo que tal pessoa que comercializada era um indivíduo porém o morador não forneceu o nome, foi mantido contato com o setor investigações gerais, (SIG) que confirmou também ter recebido denúncia de tal local. Mediante tais informações a equipe se dirigiu até a residência que foi mantido contato com duas moradoras V.M.L e D.R.L e informadas sobre tais denúncia , onde alegaram desconhecer, porém foi indagado se tinha algum homem que ali residia , informaram que sim, sendo que a pessoa de V.J.L, 37 anos, já tinha sido preso por tráfico de drogas.

No momento que os patrulheiros iniciaram a busca compareceu a pessoa de V e ao ser informando do que estava ocorrendo de imediato confessou ter drogas na residência e que tal droga estava sobre um guarda roupa dentro de uma caixa de papelão, sendo 225 gramas de cocaína e 95 gramas de crack, Também apontou onde estava o dinheiro de R$ 1.200,00 da venda de drogas. Da venda, apontou onde estava e entregou a equipe a quantia de R$ 1.200,00 . Conduzido ao plantão policial foi autuado em flagrante por tráfico e recolhido à cadeia pública.

Postado por GCM Guilherme

Reunião na Guarda Municipal de Maceió discute descentralização de ações

O diretor operacional da Guarda Municipal de Maceió, José Luiz Dué, reuniu-se com inspetores e subinspetores da corporação para informar sobre o processo de descentralização que está sendo implementado pelo órgão, com o objetivo de tornar o trabalho mais eficiente. Também foi discutida a criação de uma nova escala de trabalho para os guardas municipais.

Segundo Dué, a Guarda terá duas regionais: a primeira, sob o comando do inspetor Juraci Costa Braz, está sediada no próprio da corporação; a segunda, com sede na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão (Cidade Universitária), comandada pelo inspetor André Calheiros. “Com essa descentralização vamos poder fiscalizar melhor o trabalho dos guardas”, ressaltou o diretor. Em relação à nova escala de trabalho, ele explicou que o objetivo é evitar o banco de horas.
Cada regional contará com um efetivo de 200 agentes. Diariamente, cerca de 50 guardas estarão de serviço, cuidando da segurança de espaços públicos como postos de saúde, creches e Centros de Referência de Assistência Social (Cras). O trabalho também é feito por meio de rondas. Segundo Dué, a Guarda Municipal de Maceió conta hoje com cerca de 530 agentes atuando efetivamente. Outros 170 estão cedidos à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).
“A regionalização vai tornar o serviço mais eficiente e permitir que retomemos alguns projetos como a ronda na orla feita com bicicletas, o projeto Guarda faz Escola e o trabalho junto aos moradores de rua”, afirmou o coordenador operacional da Guarda.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Pesquisa realizada pelo IBOPE mostra a força da Guarda Municipal no Brasil.


Mais da metade da população brasileira reprova as condições de segurança no País
Dentre os entrevistados, 51% consideram a situação da segurança pública no Brasil “ruim” ou “péssima”, enquanto 36% a consideram “regular”. Apenas 12% a avaliaram como “ótima” ou “boa”.
O percentual de respondentes que avaliaram a situação da segurança pública como “ruim” ou “péssima” chega a 58% entre os entrevistados residentes na Região Nordeste e 57% entre os residentes nas periferias das capitais brasileiras.

Percepção é que a segurança pública se deteriorou nos últimos três anos 

Apenas 15% da população brasileira percebe melhora na situação da segurança pública nos  últimos três anos. Para 37% a situação piorou e para 47% se manteve inalterada.
No caso das capitais, o percentual dos que percebem melhora (18%) é superior à média  nacional de 15%, mas o percentual daqueles que acreditam que a segurança pública piorou  (40%) também é superior à média nacional, que é 37%. Nas periferias, mais da metade (53%)  respondeu que a situação atual é a mesma de três anos atrás.
Mais uma vez, na região Nordeste há o maior percentual de avaliações negativas: 46% dos  entrevistados da região identificaram piora na segurança pública, mas a região, junto com  o conjunto do Norte e Centro-Oeste, tem 17% de seus residentes defendendo que houve  melhora da situação, ou seja, percentual superior à média nacional de 15%.



Avaliação das instituições
Forças Armadas e Polícia Federal são consideradas as instituições mais eficientes
No que diz respeito à eficiência das instituições públicas responsáveis direta ou indiretamente pela questão de segurança no país, há um claro reconhecimento do trabalho das Forças Armadas e da Polícia Federal e, no outro extremo, uma alta insatisfação com o Congresso Nacional e o Poder Judiciário.
Apenas no caso das Forças Armadas e da Polícia Federal mais da metade dos entrevistados que externaram sua opinião consideram as instituições “ótima” ou “boa”: 63% e 60%, respectivamente.
No caso do Congresso Nacional, esse percentual cai para 23%, alcançando 30% para o Poder Judiciário e os agentes penitenciários.


Guarda Municipal mostra superioridade em reconhecimento da população 42% dos entrevistados acham a atuação da GM ótima. Dados mostram grande superioridade. A Guarda Municipal só perde para as Forças Armadas e a Polícia Federal que são forças de segurança com muito pouco cotado com o povo. Estamos (GM) prontos para ajudar! Informações sobre pesquisas relacionadas da Área de Segurança, clique na fonte:PESQUISA CNI-IBOPE. Pesquisa divulgada em OUTUBRO/2011.



sexta-feira, 28 de outubro de 2011

GCM de Taboão da Serra recebe oito novas viaturas e abre concurso

A Guarda Civil Municipal de Taboão da Serra recebeu oito viaturas novas, a entrega oficial acontecerá nesta sexta-feira, dia 28. Com a aquisição desses novos carros a quantidade das ocorrências que puderam ser atendidas pela GCM aumentou principalmente nos bairros Jd. América e Intercap, onde o número de roubos e furtos teve alta em 2011.
O supervisor da GCM, Antônio Ribamar Rodrigues dos Santos confirma o aumento dos trabalhos. “Com as oito novas viaturas deu uma melhorada boa, atendemos pelo menos uma ocorrência por dia, hoje mesmo foram 10”, disse.

Foto: Ricardo Vaz | Divulgação

GCM de Taboão da Serra recebeu oito novas viatutas 

Ribamar ainda informa que do dia 31 de outubro a 18 de novembro, serão aberta 88 vagas para guardas municipais, que ajudará a melhorar o policiamento da cidade.Para prestar o concurso e se tornar um GCM de Taboão da Serra é necessário ter ensino médio completo, altura mínima para homens de 1,68 e para mulheres de 1,65, CNH nas categorias A ou B e idade entre 18 e 35 anos até a data da posse do cargo.
Serão 64 vagas para homens e 24 para mulheres mais um cadastro de reservas, que será válido por dois anos. O salário será de R$ 1.560,00 por 192 horas trabalhadas no mês.
Serão dois tipos de provas a serem executadas pelos candidatos, a prova objetiva e a prova prática. Na prova prática, serão avaliados a aptidão em dirigir ou pilotar, a compatibilidade com a altura exigida, teste físico e psicológico. Já na prova objetiva, serão 60 questões sobre Língua Portuguesa e Redação Oficial, Raciocínio Lógico/Matemático, Informática e Conhecimentos Específicos.
As inscrições podem ser feitas do dia 31 de outubro até o dia 18 de novembro pelo site www.zambini.org.br e a taxa é de R$ 48,90. Os horários e dias das provas serão divulgados pela empresa que organiza o concurso.

GM DE TUBARÃO RECEBE EQUIPAMENTOS DE TRABALHO, INCLUINDO ARMA DE FOGO PISTOLA TAURUS PT-59

O prefeito Manoel Bertoncini e o secretário de Segurança e Patrimônio, Carlos Eduardo de Bona Portão entregam ontem (26), na Sala de Atos do Paço Municipal, o kit de segurança para os 41 agentes da Guarda Municipal de Tubarão (SC). 
Cada GM vai receber um colete balístico, capa do colete, spray de pimenta, munição e a pistola Taurus PT 59. Foram investidos cerca de R$ 325 mil. A solenidade encerra as ações deflagradas pela prefeitura, que há mais de um ano iniciou o processo para oferecer mais segurança aos guardas municipais, depois que GM Marcelo Goulart Silva, 33, foi baleado e morreu durante uma operação no centro da cidade.
O porte de arma expedido pela Polícia Federal só foi obtido depois que a prefeitura cumpriu uma série de exigências dentre eles, o curso realizado na Academia de Polícia Civil foram alguns dos trâmites cumpridos.
"Mas como se trata da preservação da vida dos guardas, não medimos esforços para concluir todo o processo e finalmente obtivemos a autorização há meses aguardada", ressalta o prefeito.

GUARDA MUNICIPAL DE LONDRINA APREENDE CAMINHÃO COM 130KG DE COCAÍNA

Guardas Municipais de Londrina juntamente com agentes da  Polícia Civil, Militar e Rodoviária Federal apreenderam um caminhão carregado com materiais elétricos na BR-369, em Arapongas.  Após revistas foram localizados 63 pacotes com cocaína totalizando 130 quilos. A droga estava escondida na carroceria da Scânia com placas de Nuestra Señora de la Asunción.Esta é a maior apreensão de cocaína do ano na região norte do Estado. Uma pessoa foi detida. O motorista  tentava transportar a carga de Assunção, capital paraguaia, até a cidade de São Paulo.
O motorista de 40 anos foi preso em flagrante. Ele negou envolvimento com o caso e disse que foi contratado apenas para transportar a carga até a capital paulista. O paraguaio foi indiciado por tráfico internacional de drogas.
Curso TFM
O Inspetor GM Ricardo e o Supervisor GM Rossini participavam de  um treinamento convidados pela Polícia Rodoviária Federal sobre TFM(Técnicas de Fiscalização Minuciosa) juntamente com as Polícias Militar e Civil. O primeiro dia de treinamento consistia em parte teórica e no segundo uma fiscalização em conjunto com todos os órgãos para se aplicar a técnica aprendida. Foi quando as equipes em treinamento se depararam com a Scania apreendida.
Segue abaixo algumas fotos da apreensão conjunta:
Apreensão Conjunta
Apreensão Conjunta 2
Apreensão Conjunta 3
Apreensão Conjunta 4
Apreensão Conjunta 5
Apreensão Conjunta 6